Plano de Ação Municipal de Combate à Desertificação de Irauçuba

Publicado em Publicações

 Este documento, intitulado de Plano Municipal de Combate à Desertificação de Irauçuba, configura-se como proposição que objetiva problematizar e superar a realidade atual do município de Irauçuba – Ce. O documento favorece um encontro entre os fatores bióticos e abióticos, a exploração biológica e a ação humana que juntos coexistem, intensificando o processo de Desertificação estabelecido, bem como, através de vários olhares, trás uma proposta de política municipal de combate à desertificação, que foi construída a princípio no ano de 2000, por várias instituições de renome nacional que tratam do tema com a participação da comunidade local. A princípio o documento foi socializado com a comunidade Irauçubense e fomentado a possibilidade de este se tornar política pública do município, a proposta foi encaminhada para a Câmara Municipal e lá ficou “engavetada” por quase 9 anos. Tão somente agora em 2009, retorna-se a aprofundar o Plano Municipal de Combate à Desertificação de Irauçuba, através de uma iniciativa do Instituto Cactos, uma ONG local, em parceria com o Fórum Irauçubense de Convivência Solidária e Sustentável com o Semi-árido e o Grupo Permanente de Combate à Desertificação do Estado do Ceará – GPCD/CEARÁ, a proposta que se apresentava em 5 componentes que são elementos chaves da política Municipal foi revalidada novamente pela comunidade local representada no Fórum Irauçubense de Convivência Solidária e Sustentável com o Semi-árido, com a intenção de reavaliar se o conjunto de políticas apontados como prioritárias na época da construção do documento para o enfrentamento da desertificação permaneciam atuais ou precisariam de nova adequação.

Para acessar o conteúdo na íntegra, clique na imagem.