Seminário Água Comunicações e Sociedade

Publicado em Notícias

SEMINÁRIO ÁGUA COMUNICAÇÃO E SOCIEDADE

6ª Edição 22/03/2013, Museu Nacional – Brasília, DF

 

CONTEÚDO DO EVENTO

O 6º seminário Água, Comunicação e Sociedade da ANA reuniu mais de 250 pessoas no Museu Nacional, em Brasília, onde estavam presentes estudantes, comunicadores, autoridades locais e mobilizadores sociais.1

O Seminário iniciou com breves relatos de representantes da ANA, da UNESCO no Brasil, da SEMARH do DF, do MMA, do IBRAM e dos Correios sobre o que cada instituição tem realizado em relação à gestão ou conscientização sobre o uso dos recursos hídricos. Também foi realizado o lançamento da edição especial de selos sobre o Ano Internacional de Cooperação pela Água e apresentada a IV Conferência Nacional de Meio Ambiente, que será realizada em outubro de 2013. 

Em seguida, o jornalista Dal Marcondes, da Agência de Notícias Envolverde, tratou do paradoxo da água que, embora sendo uma vantagem competitiva do Brasil, não está na pauta dos grandes noticiários, exceto quando ocorrem eventos extremos, contribuindo para a carência na gestão dos recursos hídricos.  

Lupércio Ziroldo Antonio, Presidente da Rede Brasil de Organismos de Bacias (Rebob), falou sobre um aspecto fundamental da PNRH, que é a participação da sociedade no processo de gestão dos recursos hídricos dentro das bacias hidrográficas, cujo papel é considerar a vocação da bacia, propor o desenvolvimento social, econômico e ambiental para a mesma, estipular metas de recuperação, preservação e conservação dos ecossistemas locais, desenvolver programas voltados principalmente para áreas criticas e considerar um plano de investimentos.

Posteriormente foram apresentados casos de sucesso na gestão dos recursos hídricos, começando pelo programa Cultivando Água Boa da Itaipu Binacional, onde Nelton Friedrich, o seu Diretor de Coordenação e Meio Ambiente, apresentou as atividades socioambientais que envolveram diversos stakeholders, desde os pequenos produtores até às crianças na gestão dos recursos hídricos, obtendo resultados de conservação do Meio Ambiente, em específico dos recursos hídricos.

O Secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do DF, Eduardo Brandão, apresentou o programa de implantação dos 71 parques e 22 unidades de conservação no DF com recursos financeiros oriundos de pagamentos das dívidas de empreendedores, cujos empreendimentos estão na fase de licenciamento, e que necessitam fazer a sua compensação ambiental. Este programa aumentou a valorização das áreas destinadas para parques por parte da população que se tornou o maior agente fiscalizador da manutenção da qualidade destes parques.

 

RELEVÂNCIA DESTE SEMINÁRIO PARA O IICA

Sendo um tema transversal, a água também está na base da agricultura em todos os seus aspectos, desde o tema da segurança alimentar até o agronegócio, no Combate à Desertificação e aos Efeitos da Seca à Prevenção de Enchentes. Neste contexto, o tema de “Comunicação e Sociedade”, que propõe este seminário, é fundamental no âmbito da Cooperação Técnica como contribuição para atingir o seu objetivo maior de desenvolvimento sustentável.

  

Fonte: 1Agência Nacional de Águas