Irauçuba recebe reconhecimento por Combate à Desertificação

Publicado em Notícias

Irauçuba_Dia-Mundial-DesertificaçãoMinistra do Meio Ambiente entrega certificado ao município em solenidade que marca o Dia Mundial de Combate à Desertificação. IICA articula ação internacional para melhoria da qualidade de vida nas Áreas Suscetíveis à Desertificação

O Semi-Árido brasileiro apresenta alguns dos maiores índices de pobreza do país. A convivência com o clima seco e a degradação do solo nas Áreas Suscetíveis à Desertificação (ASD) nos 11 estados da região (Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Maranhão, Minas Gerais e Espírito Santo) impõem uma vida dura aos habitantes da região. No entanto, de um município de cerca de 20 mil habitantes, no interior do Ceará, surgem experiências que podem servir de modelo para outras localidades do país e inclusive de outras ASD em outros países. Em Irauçuba, um grupo de instituições lideradas pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), em parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), desenvolvem estratégias que conciliam o conhecimento gerado pela academia a práticas que mantém a perseverança do sertanejo.

Iraçuba é o primeiro município do país a ter um Plano de Ação Municipal de Combate à Desertificação. As iniciativas locais receberam, na segunda-feira (16) um certificado das mãos da ministra brasileira do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, emitido pelo programa Dryland Champions, da United Nations Convention do Combat Desertification (UNCCD), órgão das Nações Unidas para o tema. Em seu discursos, a ministra destacou que “passamos da agenda do problema para a agenda da solução”. A solenidade marcou oficialmente o Dia Mundial de Combate à Desertificação no Brasil, comemorado no dia 17, mas antecipado em função do jogo Brasil x México, da Copa do Mundo realizada no país. Na internet, a UNCCD divulga as ações de cada país para marcar a data.

O Plano de Ação de Irauçuba é um desdobramento da um esforço federal para a implementação de estratégias que impeçam o avanço do processo de desertificação e melhorem a qualidade de vida nas ASD. O Plano de Ação Nacional de Combate à Desertificação é o norteador da política brasileira sobre o assunto.

Referência no sertão do Ceará

O pioneirismo de Irauçuba em elaborar uma política local para o tema, levou o município a ser escolhido pelo Econormas – Apoio ao Aprofundamento do Processo de Integração Econômica e ao Desenvolvimento Sustentável do Mercosul. O projeto, é parte das ações de cooperação da União Europeia com o Mercosul e tem entre seus componentes A Luta contra a Desertificação e os Efeitos da Seca. De acordo com o secretário executivo da Comissão Nacional de Combate à Desertificação (CNCD) e diretor do Departamento de Combate à Desertificação do MMA, Francisco Campello, as ações realizadas pelo município cearense são referência. “A gestão ambiental sustentável (desenvolvida pelo MMA), em parceria com o Fundo Clima, o Programa Água Doce e o Projeto Econormas, fortalece as ações do município nas áreas susceptíveis à desertificação”, afirmou Campello.

Fonte: http://www.iicabr.iica.org.br/noticias/iraucuba-recebe-reconhecimento-por-acoes-em-prol-do-semi-arido/