XXVI Reunião Ordinária do Conselho Agropecuário do Sul

Publicado em Notícias

Nos dias 15 a 16 de agosto de 2013, na cidade de Santa Cruz da Bolívia, ocorreu a reunião do Conselho Agropecuário do Sul (CAS). Os Ministros de Agricultura do país sede, Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai se reuniram com objetivo de discutir temas relevantes para a agropecuária em toda região, dando especial destaque ao uso da água na agricultura.

Relacionado a este tema foi o desejo expressado por todos os ministros pela participação expressiva de seus colegas dos demais países do continente americano na próxima reunião da Junta Interamericana de Agricultura das Américas (JIA) nos dias 23 a 27 de setembro de 2013 a ser realizada em Buenos Aires, Argentina. Nesta ocasião, o tema principal será “Água, Alimento para a Terra”.

O Diretor Geral do IICA, Dr. Victor Villalobos, participou da reunião em Santa Cruz em cuja ocasião colocou as capacidades técnicas e administrativas do IICA à disposição do CAS devido sua experiência especializada em agricultura nas Américas. Ele também convidou os demais ministros de agricultura a participarem da reunião da JIA. 

Durante a reunião do conselho, foram discutidas a organização do I Fórum de Agricultura na América do Sul/CAS 2013, que ocorrerá em Foz do Iguaçu de 21 a 22 de novembro 2013, para formular os acordos em preparação para a próxima Conferência Ministerial da OMC e para continuar trabalhando nos temas de cooperação com a China. Dentro deste último tema, os ministros analisaram os resultados do Fórum de Ministros de Agricultura da China, América Latina e Caribe, realizado em junho deste ano em Pequim, China, e criaram a Rede de Políticas Agropecuárias (REDPA) para continuar trabalhando na construção de uma proposta CAS de maneira a manter os objetivos da Declaração de Pequim.

Os ministros de agricultura concordaram em impulsionar o desenvolvimento por meio do comércio internacional, tema que será tratado na IX Conferência Ministerial da OMC de 3 a 6 de dezembro de 2013 em Bali, Indonésia, para firmar acordos em relação à exportação de maneira a assegurar perspectivas melhores para a região.

Fonte: http://www.iica.int/esp/prensa/iicaconexion/IICAConexion2/2013/N25/secundaria1.aspx